sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Em espírito de Natal

Este ano me propus a não entrar na confusão que precede o Natal.
Fiquei longe de shoppings e lojas lotados, supermercados com filas monstruosas, trânsito enlouquecido.




Em 2008 fui feliz observando a confusão de longe.
Presenteei poucas pessoas, com lembranças compradas com antecedência. Celebrei o Natal com minha família e preparei um leite com toddy para deixar na janela para o Papai Noel, pois ele trabalharia muito a noite inteira, segundo Pedro.

Acho que o Natal perdeu um pouco do seu verdadeiro sentido para grande parte das pessoas.
Para mim, a mensagem que ele traz é de "tempos de paz".


É... não falei nada da buldogada hoje, né?
Todos estão bem e em paz, a propósito!
Comendo como se não houvesse amanhã.
Fazendo gracinhas encantadoras.
Os Adoráveis estão muito sapecas e comilões.
Em breve, notícias detalhadas.