sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Cães X Alho

O alho contém uma substância chamada alicina (n-propril disulfito) que possui propriedades antimicrobianas e anticancerígenas, mas, que em grandes quantidades para cães (e outros animais), pode provocar anemia hemolítica, diarréia, vômitos, depressão, temperatura elevada e urina escura. Os sintomas aparecem 1 a 4 dias após a sua ingestão.

Os valores de alicina por grama de alho são de 16mg. E os valores para a intoxicação são acima de 20 mg/kg de peso do animal. Ou seja, um cão de 10 kg corre o risco de intoxicar com a ingestão de mais ou menos 200 mg de alho.
Só um detalhe: a alicina é decomposta pela ação do calor. Ou seja, o alho cozido perde bastante seu efeito, tanto nutracêutico, quanto tóxico.


O alho tem propriedades ótimas. Pode ser um excelente antioxidante celular natural, tem propriedades antimicrobianas, bactericidas e anti-cancerígenas (comprovadas).

A quantidade ingerida faz a diferença entre uma substância ser benéfica ou maléfica. Entre ser medicamento e ser veneno.


Por Flávia Saad

Médica Veterinária, Mestre, Doutora e PhD em Nutrição Animal


funny-dog-pictures-with-captions-dont-leave-me-hangin
see more puppies


> para a série "Minha Experiência Com Alimentação Natural"EEDING