terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Sim, não é fácil

Sim, não é fácil.
Os bebezinhos nascem e vão para o meu quarto. Dormem ao lado da minha cama por 1 mês ou mais! Eu e a mamãe frenchie ficamos atentas a qualquer barulhinho que eles façam.
Eles experimentam suas primeiras "papinhas", se lambrecam muito, pisam em tudo, o pêlo fica grudento, tornam-se maquininhas de fazer cocô, temos que limpar tudo e todos a toda hora.
Pequenas bolinhas, rolando para lá e para cá, ensaiando pequenas corridinhas, alguns grandes sustos.
Os pequenos se mostram dia após dia. Levados? Atrevidos? Calmos? Submissos? Dominantes?
Mordem-se, brincam uns com os outros, pedem carinhos a nós, nos reconhecem e fazem festa. Quem resiste?
Todos os dias temos novas surpresas e descobertas.
Candidatos a humanos de estimação escrevem... ligam.
Alguns são selecionados, outros não.
E chega a hora dos bebês irem.
Sim, não é fácil.

Hoje, estamos eu e Mimi tristes.
Todos os outros Adoráveis já foram para os seus adoráveis lares.
Nossa casa está terrivelmente silenciosa - acreditem, é possível, mesmo com todos os outros cães, o som não é o mesmo. Mimi sente falta do cheiro e da companhia dos irmãos. Eu sinto falta da alegria e da vida que bebês trazem para nossa casa.
Nós duas já estamos tomando Florais de Bach para superar isso.
Sim, não é fácil.

dog
see more puppies