terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Mimi, saudades...


Agora, definitivamente, a casa está vazia.
Ok... minha casa NUNCA é vazia, mas me refiro ao barulhinho bom dos bebês. A bagunça que eles fazem. Aos cocozinhos que encontro escondidos fora do lugar. Aos pés da minha mesa da cozinha totalmente roídos. Aos choramingos matinais quando escutam a casa acordar...

MIMI foi para a casa de sua nova família de estimação.
Estou felícissima por ela! Sua nova família é adorável e, ela que amava brincar com os meus filhos, que é totalmente moleca, acaba de ganhar um novo irmão de estimação que ansiava por uma irmã de estimação canina há tempos.
Foi tão interessante a interação entre eles, que logo que ela o viu, virou a barriguinha para cima e pediu carinho! Fiquei emocionada.

Antes da casa ficar "vazia", eu já havia prometido a mim mesma que faria uma viagem assim que todos os filhotes fossem encaminhados a seus novos lares. Afinal, depois de 4 meses cuidando, socializando, estando a frente dos cuidados dos bebês, mereço um descanso.
Mas, tudo que consigo pensar, neste momento, é: QUERO BEBÊS! SINTO SAUDADES DE BEBÊS!

Bem... talvez seja um surto passageiro. Ou não?

Mimi, saudades absurdas de você.