sábado, 14 de março de 2009

O Buldogue Francês II

Buldogues franceses são cômicos, amáveis, adaptáveis a uma variedade de diferente situações e são a melhor opção para quem quer um companheiro dedicado e pode dispor de tempo para dar atenção ao cão. É um previlégio ímpar desfrutar do amor de um ser de aparência tão incomum: orelhas de morcego, focinho achatado, peito largo, corpo e cauda curta. Infelizmente, algumas destas características podem predispor a problemas de saúde bem dispendiosos.

Como todos os cães, os buldogues franceses somente irão prosperar se desfrutarem de boa alimentação e cuidados médicos regulares. Se algo ruim acontecer com um frenchie, as coisas tendem a pioram muito rapidamente e muito rapidamente se vão muitas moedas em tratamentos de saúde.

Uma lesão medular pode resultar em cirurgia, juntamente com vários meses de árduo trabalho de reabilitação pós-cirúrgica, custo não inferior a R$ 5000,00. Essas lesões podem ocorrer, não importa o quanto você é cuidadoso não deixando que seu frenchie salte de móveis ou outros lugares altos. Às vezes, acontecem sem qualquer causa aparente.


A maioria absoluta dos buldogues franceses tem má-formações vertebrais em função de sua estrutura física. Tenho acompanhado pessoas com seus cães, às voltas de cirurgias neuro-ortopédicas, fisioterapica tradicional, acupuntura, aquoterapia, que lutam para que seu frenchie volte a conseguir mover uma patinha.
Muitas famílias tem sido incapazes ou relutantes em seguir com a recuperação. Infelizmente, alguns destes casos terminam em abandono.
Portanto, antes de decidir-se por um buldogue francês, você deve perguntar a si mesmo se você pode dispor do tempo, do esforço e do dinheiro envolvidos no tratamento de uma lesão medular.




A grande maioria dos frenchies não terá lesões espinhais, mas eles podem experimentar outros problemas comuns e potencialmente caros, incluindo alergias.

Buldogues franceses também são suscetíveis a alguns tipos de cânceres. Se diagnosticado precocemente, podem não encurtar a vida do seu cão, mas é muito provável que isso lhe custará algum bom dinheiro.



Traumatismos oculares, especialmente lesões de córnea e cherry eye, também são muito comuns em raças braquicefálicas.

Afastando qualquer gasto catastrófico, o investimento com dieta de qualidade e suplementos, vermifugação, controle de ectoparasitas, visitas de controle ao vet, vacinas e outros medicamentos pode ser significativo.


Por favor, seja realista quando for considerar ter um buldogue francês, quer em termos de tempo, quer em termos de investimento financeiro.
Eles são encantadoras, adoráveis e cães muito interessantes - é por isso que os amo tanto -, mas, tantas qualidades vem com adicionais preocupações e responsabilidades.
Se você pode verdadeiramente dizer que dispende de tempo e recursos para ter um frenchie, tanto na saúde, quanto na doença, saiba que queremos nossos filhotes com você!


Texto Adaptado de French Bulldog Rescue Network

Isabela, obrigada pela indicação do texto!