terça-feira, 19 de maio de 2009

O Blog Responde! Beterraba na alimentação natural

Jacqueline - Casa do Simbad deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Série DFA: Ração Eukanuba Puppy Small Breed":

Oi Camille,
como é feito essa análise? (curiosidade apenas, não sou da área mas gostaria de ser)
Então a beterraba não é boa para os cães? Essa semana estou dando um mix de legumes que inclui beterraba. Toda semana vario o mix de legumes, raramente repito, ou então repito a cenoura, por exemplo que acho um ingrediente sem muitos problemas (acho, não sou vet nem zootecnista, só amante de cães). 
Grata!

==//==

Oi Jacqueline, tudo bem? :)

Não estou lá para ver (!), mas os métodos de análise de alimentos são, em geral, físico-químicos.
Como os norte-americanos americanos não brincam com o nome alheio, acredito que o trabalho feito pela Dog Food Analysis desde 2005, seja bastante idôneo.

Beterraba é ÓTIMA para cães, principalmente se oferecida liquidificada ou em forma de purê cru. O ato de bater no liquidificador faz com que a parede celular das células vegetais sejam rompidas e o conteúdo dos veggies seja melhor aproveitado pelos cães. Cães não conseguem digerir as células vegetais.

Cada dia da semana eu dou ofereço um legume ou vegetal diferente, de cor diferente, pois sei que - de maneira geral - cores diferentes = vitaminas diferentes!
Exemplo:
Domingo = abóbora moranga
2ª-feira = couve
3ª-feira = beterraba
4ª-feira = batata
5ª-feira = cenoura
6ª-feira = alface
Sábado = beringela

A POLPA DA BETERRABA é um subproduto da beterraba! É o que sobra da beterraba depois que ela foi utilizada pela indústria do açúcar, por exemplo. É essa polpa desidratada e tratada quimicamente que está relacionada com alergias alimentares e não a beterraba in natura, propriamente dita.