sexta-feira, 29 de maio de 2009

Série DFA: Ração Hill´s Puppy Small Bites



TRADUÇÃO


Classificação: 1 estrela
Data da última revisão: 05/março/2006
Recomendado por: não recomendado


Prós - (nenhum citado)
Contras - Contém quantidade insuficiente de carne, constituída de subprodutos, gordura de fonte não identificável, grãos de baixa qualidade e outros ingredientes controversos.






O principal ingrediente desta ração é um grão de baixa qualidade. O milho é um cereal problemático, de difícil digestão para os cães e acredita-se estar relacionado com alergias alimentares e infecção por leveduras. Preferimos não vê-lo sendo utilizado em alimentos para cães, ainda mais como principal ingrediente.

O próximo ingrediente é constituído de subprodutos. É impossível determinar a qualidade dos subprodutos. Geralmente, quando não se detecta a qualidade destes, são produtos de baixa qualidade, geralmente rejeitados para alimentação huamana ou, então, são as peças que tem tão pouco valor que eles não poderiam ser utilizados como alimento humano ou animal. A definição de subproduto de frango, segundo a AAFCO, é "uma refeição triturada, constituída das partes limpas da carcaça de frangos abatidos, como pescoços, patas, ovos e intestinos subdesenvolvidas, exceto penas, a menos que não excedam os limites que interfiram nas práticas saudáveis."


O terceiro ingrediente é soja. A soja é uma fonte de proteína de má qualidade para cães e está relacionada com alergias alimentares. Acredita-se que ela é o alimento número 1 a causar alergias alimentares em cães (ultrapassando até mesmo trigo).


A gordura animal é mais um ingrediente de baixa qualidade e é impossível determinar a fonte. Fontes não identificadas são, geralmente, de muito baixa qualidade.
É uma preocupação de ver a gordura como quarto ingrediente. Pesquisas na Universidade de Purdue identificaram que a gordura estando entre os 04 (quatro) primeiros ingredientes de um alimento seco aumentam o risco de torção gástrica em cães de grande porte. Raças de pequeno porte não foram testadas.


Polpa de beterraba é um componente controverso deste alimento. É um subproduto da beterraba, o que sobra após seu o processamento. Os fabricantes defendem a utilização da polpa de beterraba como fonte de fibras, mas ela também é utilizada para evitar a formação do cheiro de ranço de gordura das rações. A utilização deste ingrediente está relacionada a problemas otológicos, hepáticos, renais e alergias, sendo preferível não utilizá-la nos alimentos para cães.
Há menos controversas em torno de outras fontes de fibra.


O alimento utiliza aroma artificial e subprodutos do arroz, considerados grãos de baixa qualidade.


* * * *

PRODUTO DISPONÍVEL NO BRASIL

* * * *


Meu comentário: Pardon Moi, pardon moi, meus Adoráveis queridos! Foi isso que vocês comeram por 48h quando lesionei o pulso, tentando quebrar o dorso de vários galos velhos que comprei por uma pechincha - para usar como meaty bones... :(
Paguei R$ 70,00 por um pacote de 2 kg desta ração e, agora, está explicado de onde veio aquela cocozada pastosa e fedorenta.