quinta-feira, 18 de junho de 2009

O Blog Responde! O barato que sai caro

FELIPE G2 deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O Blog Responde!":

Mas não seria melhor eles serem comprados do que viverem pro resto da vida nessas gaiolas? Como eu não tenho muito dinheiro e gostaria de ter um bulldog francês (já li sobre muita coisa aqui no blog e minha tia tem um, então aprendo com ela toda vez que vou na casa dela) eu compraria num pet shop por causa do dinheiro, além do fato de que se ninguém comprar os bulldogs ou qualquer cachorro desses lugares, eles ficaram presos em gaiolas ou serão soltos nas ruas e isso não pode acontecer. 
Prefiro que esse comércio continue invés de levar os cachorros para as ruas...

--//--

Olá Felipe!

Há 02 (duas) razões importantes para não adquirir animais de pet-shops ou feiras de animais:

1ª) Estes locais são o "desague" de fabricantes de filhotes. Desestimulando este comércio estaremos protegendo muitos outros cãeszinhos. E a única maneira de desestimular este comércio é NÃO COMPRANDO DE FEIRAS DE FILHOTES E PET-SHOPS.

2ª) Fabricantes de filhotes não se preocupam em "produzir" filhotes típicos e saudáveis.
Você acha mesmo que um fabricante de filhotes vai investir R$ 1000,00 em radiografias, laudos e exames de saúde, por cão?
Você acha mesmo que um fabricante de filhotes excluirá um cão de reprodução se ele tiver algum problema de saúde e/ou temperamento?
Você acha mesmo que um fabricante de filhotes se preocupa em "produzir" um filhote que seja um buldogue francês típico, conforme o padrão FCI?

Mas, é MUITO importante que você saiba que frenchies são cães MUITO CAROS para se manter. Adquirí-los é a parte mais barata do programa "Eu quero um buldogue francês".

Problemas como cherry eye são comuns e podem requerer tratamento cirúrgico.
Idas ao veterinário são uma rotina porque eles possuem pele sensível. Otites ocorrem. O intestino - e apetite - deles é sensível às mudanças de ambiente.
Definitivamente, rusticidade não é com eles.

A complexidade de um frenchie é tanta que possuo vários veterinários diferentes para atendê-los, e por vezes, preciso de 02 (dois) para resolver um problema.

Isso tudo acontece com meus cães.
Imagine o que poderia acontecer com um cão proveniente de um fabricante de filhotes?
MEDO!