quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Dog Shows

L´EXAMES DES BOULEDOUGUES - 1907


O primeiro dogshow competitivo aconteceu em 1859. O Kennel Club da Grã-Bretanha foi fundado em 1873 e o American Kennel Club (AKC) foi fundado em 1884. Como os dogshows foram tornandp-se muito populares, as pessoas começaram a reproduzir seus cães mais por aparência, que por utilidade.

A maioria das raças caninas foram desenvolvidas para o trabalho, entretanto, com a invenção das máquinas, a escassez da caça e a mudança de ambiente, a utilização dos cães para o trabalho foi diminuída. Hoje, bulldogs ingleses não são mais utilizados para brigar com touros, dachshunds não caçam, e scottish deerhounds estão praticamente extintos. Sem os dogshows, essas raças e tantas outras já teriam desaparecido.

Muitas raças não "adotadas" pelos criadores de cães de raça pura acabaram desaparecendo. O último beagle de bolso (pocket beagle) observado por pesquisadores consta de 1941. Embora eles tenham sido muito populares como cães de caça na Grã-Bretanha antes da 1ª Guerra Mundial, provavelmente, são hoje extintos. O english water spaniel, o talbot hound e o large water dog sumiram da mesma maneira. Se essas raças tivessem sido adotadas por criadores de cães, suas chances de sobrevivência teriam sido maiores.

Como diminui a necessidade de cães para trabalho, aumentou a procura de cães para companhia. Raças que evoluiram em tamanho, aparência e temperamento compatíveis com a convivência doméstica prosperaram. Hoje, mais do que nunca, as pessoas querem cães distintos no tipo, bonitos para se olhar e alegres para conviver.
A arte também entra no julgamento, em um dogshow.



Fontes:
"The Art and Science of Judging Dogs". Curtis and Thelma Brown. USA 1976. Foto: "Dog shows and doggy people". UK,1902