quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Sarna Demodécica e pérolas do Google

Para ler, Sarna Demodécica - Desmistificando um Mito, clique aqui.
Para ler, O Blog Responde! Sarna Demodécica, clique aqui.


CÃES ADULTOS COM SARNA DEMODÉCICA GENERALIZADA


Sempre que escrevo sobre este tema aqui no blog, chovem e-mails para mim.

Portanto, fiquei curiosa em saber porque existem tantos equívocos sobre o tema e resolvi "googlear" o assunto.
Portanto, GOOGLE em "Sarna demodécica" e, aqui estão os erros mais grotescos e super-hiper-mega-ultra-giga frequentes sobre o tema:


"A sarna demodécica, também conhecida por demodecicose ou sarna negra, é causada pelo ácaro Demodex Canis, que faz parte da fauna natural presente na pele de todos os cães."
Honestamente, dizer que o demodex faz parte da flora - e não da microbiota - ainda é admissível. Mas, da "fauna natural"!?! De onde tiraram isso?


"Um animal pode contrair a sarna demodécica através do leite materno, nos primeiros dias de vida, se a fêmea que estiver contaminada pelo ácaro."
Os cães não contraem sarna demodécica. Os cães adquirem o demodex através da mãe.
A cadela não está "contaminada" pelo ácaro. O ácaro faz parte da microbiota normal da pele/pelo da cadela.
Os filhotes adquirem o demodex canis naturalmente pelo contato com a mãe, assim como também, adquirem muitos fungos e bactérias. Isso, é normal e esperado.
--> Encontrei muitos, muitos, muitos textos na internet cometendo o equivoco aqui citado.


"O desenvolvimento da demodicose está relacionado a uma herança genética."
O desenvolvimento da demodicose está relacionado a baixa de imunidade. A baixa de imunidade pode ser desencadeada por fatores exógenos ou predisposição genética a deficiência imunológica.
--> A maioria absoluta dos textos omite o fato de que a demodicose pode ocorrer por flutuações de imunidade não relacionadas a causas genéticas. São elas: infância, cio, 3ª idade, carência nutricional, stress, doenças, como neoplasias, hipotireoidismo, diabete, leishmaniose, entre outras.



Afirmações tão errôneas, na internet, levam as pessoas a terem dúvidas muito equivocadas, como essas:

- Se a cadela fizer uma cesárea e não amamentar os filhotes, não livraria os filhotes do problema? Talvez sim, mas a que custo?
- No caso de machos, não há como passar a sarna demodécica para os filhotes, né? Se a doença estiver relacionada com diminuição de imunidade por fatores genéticos, o genoma paterno também pode estar relacionado com a transmissão da doença!


Sarna demodécica - ou demodicose ou sarna negra - é a questão mais polêmica e controversa da dermatologia veterinária.
Não existem respostas 100% prontas!