quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Sobre este Blog!



Em primeiro lugar, é importante dizer que o objetivo deste blog é divulgar a raça buldogue francês de maneira consciente.

Um frenchie é adorável, mas, conviver com um é bastante diferente de apenas apreciá-lo nas ruas. Portanto, neste blog, diariamente são postados todos os ônus e bônus desta rica convivência.


Sou defensora fervorosa da posse responsável, da castração de cães destinados à companhia, a-b-o-m-i-n-o os criadores de fundo de quintal e as fábricas de filhotes.

Além disso, defendo a alimentação natural dos pets e, neste blog, demonstro como a saúde de meus cães está melhor desde que parei de oferecer ração industrializada a eles.

Também gosto de discutir assuntos relacionados à saúde, comportamento e tudo mais que estiver relacionado ao mundo frenchie!

Mas, é importante que todos saibam que:

- Não sou médica veterinária. Minha formação superior é em Odontologia e nesta área, possuo pós-graduação em Odontopediatria. Também possuo pós-graduações e sou especialista em Genética e Biologia Molecular.

- Mesmo se eu fosse veterinária, não faria consultas por e-mail.

- Não é ético eu falar da criação, da idoneidade, dos filhotes, dos cães do criador X ou do criador Y. Portanto, por favor, não insistam com este tipo de pergunta.

- É um prazer enorme responder os e-mails que recebo. Mas, SEMPRE, antes de me escrever, procure o criador de SEU filhote para responder questões relativas a saúde, temperamento e pedigree. Somente o criador poderá lhe informar como ensinar seu filhote a fazer xixi e cocô no lugar certo (dando continuidade ao que foi iniciado em sua casa), poderá lhe ajudar a elucidar questões como coprofagia, agressividade, timidez excessiva, entre outras alterações comportamentais.

- Acredito que a reprodução de cães deve ser feita por profissionais que estudam e tem grande conhecimento no assunto. Além, disso, que obviamente, trabalhem com responsabilidade social, selecionando lares para seus filhotes, divulgando a castração de cães para companhia, divulgando a prevenção de leishmaniose. Portanto, em hipótese alguma respondo questões relacionadas à reprodução dos frenchies para leigos. Espero que compreendam minhas razões.


Aproveitem o nosso blog! ♥

- Camilli Chamone