terça-feira, 2 de março de 2010

Sinal dos Tempos

Há alguns dias atrás, li no blog Mãe de Cachorro Também é Mãe! o relato do furto recente de um cão que aconteceu em Porto Alegre.

Não é a primeira vez que isso acontece.
Aqui no blog mesmo, ano passado relatei a dor que a criadora Sirley Velho e seu marido, Evandro, do Canil Skonbull, passaram quando seus cães Iv e Sophia foram roubados.
Os casos estão aumentando exponencialmente.


Estes casos de roubo de cães, dentro e fora de nossas casas, tem me deixado paranóica.  Por isso, não permito mais a livre visitação aos meus cães, em minha casa.

Você pode culpar-me?

Afinal, não sei quem você é - e não sei se sua intenção é realmente conhecer-me e a meus cães, ou se há algo mais nefasto em mente. Você está rondando, querendo conhecer as dependências da casa, memorizando o rosto dos meus filhos ou apenas querendo saber mais sobre os frenchies? Você está checando se nossas portas são seguras? Como criadora, simplesmente não sei - e estou cada vez mais paranóica com a possibilidade de que sua inócua visita possa se transformar em um pesadelo...

Na posição dos compradores de cães, entendo que não é incomum querer conhecer os possíveis pais do seu futuro filhote, antes de adquirir esse filhote. Como criadores, também é comum para nós, querer conhecê-lo. Uma boa impressão inicial é muito importante para nos convencer e tranquilizar de que você é a pessoa certa para um dos nossos preciosos filhotes.

Que tipo de compromisso nós podemos fazer, para criar uma atmosfera onde ambas parte consigam o que desejam?

O que tenho feito é o seguinte:

Peço a todos os potenciais compradores de filhotes que preencham um formulário bastante detalhado. Através deste questionário, será possível selecionar famílias aptas a serem proprietárias de um buldogue francês. Apenas os selecionados por mim estão convidados a nos visitar, obviamente, checo, cuidadosa e detalhadamente, todas as referências oferecidas antes do convite.

Uma opção menos intrusiva é nos conhecer nos dogshows. Faço isso com muita frequência, mesmo que às vezes seja um pouco confuso e eu tenha que fazer algum malabarismo porque "está na hora da pista", ou o cão deve descansar. Mas, inevitavelmente, há algum momento de inatividade, onde podemos sentar, conversar e conhecer melhor uns aos outros. É quase sempre verdade que qualquer cão que eu tenha comigo vai estar relacionado a alguma futura ninhada, assim pelo menos, os visitantes poderão conhecer alguns dos "nossos parentes".


Potenciais compradores estão certos de querer se reunir com criadores de antecedência -, mas os criadores estão, também, no direito de querer proteger suas casas e seus cães. Cabe a todos nós tentar um acordo sobre uma solução que vai nos deixar seguros e confortáveis, um com o outro.


*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 


Aproveitando o ensejo, quem quiser me conhecer e conhecer alguns de meus cães, por favor, entre em contato comigo através do e-mail contato@villechamonix.com.
Participaremos das Exposições Panamericanas promovidas pelo Kennel Clube da Grande BH, que será realizado no proximo dia 06, sábado, na sede campestre do mesmo, em Confins - MG.
Chegar lá é muito fácil, siga as orientações descritas aqui.

Vale a pena ler as orientações sobre etiqueta cinófila, em dogshows, neste post!
:)