quinta-feira, 5 de agosto de 2010

O filhote vai chegar. O que preciso saber? I

Antes de chegar

- Planeje o local do filhote. 
É importante que o cão tenha o canto dele, para se sentir seguro, sem ser incomodado. Sempre sugiro a aquisição de uma caixa de transportes, para funcionar como a "toqueinha urbana" do cão. leia sobre o uso de "crates" clicando aqui.

- Adquira 02 (dois) comedouros de inox
Um para água, um para comida. Não compre os de alumínio, os cães roem, estragam os comedouros e, pior, ingerem o alumínio (tóxico).
Compre um comedouro que lhe pareça bem grande para que a comida pareça pouca dentro dele. Aprendi este macete! Cães não gostam de comedouros abarrotados de comida quando vão comer, costumam rejeitá-la. Vá tentar entendê-los...

- Providencie coisas para que seu possa possa roer
Brinquedos, ossos recreácionais, galhos de árvore, cocos, etc. são importantes para cães de todas as idades. E tem o incrível poder de evitar que seus móveis sejam roídos, se forem bons o bastante! Mas, atenção, muito cuidado com os ossinhos de couro.


- Jogue fora as plantas tóxicas
Ou, dependure-as no teto! Bem longe do alcance das crianças também. Leia o nosso post sobre plantas venenosas.

- Cerque a piscina
Não confie na falta de curiosidade do seu cão. Além disso, acidentes acontecem.

- Planeje uma dieta nutritiva para ele
Cães são carnívoros. Infelizmente, 100% das rações disponíveis no mercado nacional contém, no mínimo, 50% de grãos (carboidratos). A utilização de uma dieta inadequada está trazendo muitas doenças para os peludos.