segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Cagou? Limpou.

Twittando com a querida Dani Whalers, editora do blog Barbas & Bigodes, sobre schnauzers, descobrimos um ódio (só pronuncio essa palavra em situações extremas, ela é extremamente negativa) em comum: cocô de cachorro na rua.

Aliás,  "cagar" é uma palavra que também não circula pelo meu vocabulário feminino - prefiro me referir a essas idiossincrasias utilizando um pouco de eufemismo, sabe? Mas, honestamente, as pessoas estão cagando e andando nas ruas, quando permitem que seus cães se aliviem e não limpam suas cacas!

Como isso pode ser possível? O lugar onde vivemos não se limita à nossa casa e às paredes que a delimitam. Cuidar das ruas, do bairro e do planeta é, também, nosso dever.

De agora em diante, já me decidi: todas as vezes que eu vir alguém fazendo cara de paisagem para o cocô do seu cachorro, vou abrir um sorriso no rosto, sacar um dos milhões de saquinhos da minha bolsa e dizer "Olha que sorte a sua, tenho um saquinho pra você limpar o cocô do seu cachorro".


Tenho certeza que os cães só não fazem isso, porque lhes falta habilidade.


Aproveite para conhecer o que existe pela internet sobre este assunto:

- Dog shit, página 1 (muito interessante, placas de várias partes dos mundo)
- Dog shit, página 2
- Duas maneiras de limpar cocô de cachorro sem nojo (quem quer ter cachorro não pode ter nojo de limpar cocô, mas, enfim...)
- Cocô de cachorro nas ruas (postagem antiga deste blog)
- Recolha o cocô do seu cachorro (todo prédio deveria ter isso!)