quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Repelentes naturais contra pulgas e carrapatos

Medidas naturais para prevenir pulgas e carrapatos são muito menos tóxicas!


Quem me acompanha aqui no blog (e fora dele!) sabe que não sou adepta de excessos desnecessários quando o assunto é utilização de medicamentos. E, claro, utilização de medicação inseticida está incluída nesta lista!

Para entender um pouco dos meus motivos você pode ler os textos Uma aula de genética e Pulldogs nunca mais.

Medidas naturais e atóxicas têm-se mostrado efetivas inclusive contra o mosquito que transmite a leishmaniose e o verme do coração. Portanto, seu cão pode viver livre de inseticidas SIM!

Aproveite essas dicas que encontrei no site do Grupo Recomeço sobre prevenção de pulgas e carrapatos:


RECEITA CASEIRA I
  • Num frasco com 1 litro de álcool, pique erva-cidreira, em quantidade para ocupar metade do frasco. Deixe bem fechado por 24 horas, para que o álcool extraia o princípio ativo da erva-cidreira;
  • No dia seguinte, coe e adicione 10 litros de água e 5 colheres de sal de cozinha;
  • Pulverize os animais 2 vezes por semana, protegendo seus olhos e ouvidos.
Você também pode banhar o animal nesta mistura.
Os componentes desta receita são baratos e fáceis de encontrar e a única contra-indicação é alergia aos componentes da fórmula.


RECEITA CASEIRA II
  • 1 litro de álcool de cereal
  • 30 pedras de cânfora - muito importante!
  • 1 pacotinho de cravo-da-Ìndia
  • 1 copo de vinagre branco
Não leva água!
Misture tudo numa garrafa pet e deixe em infusão até o dia seguinte.
Coe a mistura e coloque num borrifador de plantas.
Use nos animais depois de limpos e secos. Cuidado com a região dos olhos e nariz.
Também pode ser usado no local onde os animais costumam ficar e dormir.



Escolha a receita I ou a receita II. Não há necessidade de utilizar ambas, no cão, ao mesmo tempo. Você pode substitui-las por óleo de neem diluído, pulverizado diretamente no pelo do cão.

Outras medidas fáceis e eficazes:
  • adicionar 01 (uma) lasca bem fininha de alho à alimentação diária do cão;
  • adicionar 01 (uma) colher (café) de vinagre de maça à alimentação diária do cão. 

Para repelir o mosquito da leishmaniose, o mosquito que transmite o verme do coração, pulgas e carrapatos, o neem é uma ótima indicação.

Nos cães, a presentação líquida do neem pode ser aplicada diretamente nos pelos, com borrifador, todos os dias - principalmente antes de sair para locais potencialmente infestados, como os parques. Nos locais onde a leishmaniose é endêmica, sugere-se aplicar 01 (uma) vez ao dia, preferencialmente bem cedinho.

Usar pipetas e outros medicamentos inseticidas não é prudente nem para a saúde do cão, nem para a sua saúde, nem para a saúde da sua família e nem para a saúde do meio ambiente! Utilize esses venenos apenas em casos de infestações causadas por pulgas ou carrapatos.



Receba os posts por email:

Delivered by FeedBurner

siga-nos: