quarta-feira, 9 de março de 2011

Indicação de canis

Me sinto muito honrada pelo interesse de todos que me escrevem desejando cães da minha criação. Considero-me uma criadora de cães de raça extremamente privilegiada, pois grande parte das pessoas que entra em contato comigo está disposta a assumir os muitos compromissos que envolvem a posse responsável de um cão.

Entretanto, tenho poucas ninhadas por ano.
Quem acompanha o blog já deve saber que só acasalo minhas cadelas quando tenho interesse em seus próprios filhotes para o desenvolvimento da minha criação. É sempre assim, sem exceção!
Aliás, essa é a única motivação que justificaria o acasalamento de uma cadela. (façam uma nota mental disso, para todo o sempre)

Entendo que o fato de eu ter poucas ninhadas por ano possa ser uma frustração para muitos. Entendo também a ansiedade por alguma indicação 100% segura da minha parte, mas passo a explicar-lhes a impossibilidade desta:

Encontrar um criador que reproduza suas cadelas exclusivamente com o interesse de incorporar seus filhotes à própria criação é uma raridade!
Essa é uma das razões que me intimidam a indicar muitos canis quando as pessoas me perguntam sobre "canis de confiança". Infelizmente, muitos canis que possuem aparentemente ótimos frenchies nada mais são que verdadeitas linhas de produção de cães; muitos canis acasalam cadelas antes de 1 ano de idade; muitos canis tem como único propósito a venda de filhotes.
E isso não é criação de cães, na minha opinião.

Se eu me proponho a indicar um canil, assumo o compromisso de que conheço o trabalho de determinado criador. Assumo o compromisso de que sei o que este criador planeja em sua estratégia de criação. Assumo o compromisso de que conheço a maneira como os cães são tratados. Assumo o compromisso de que conheço os testes de saúde que aquele criador faz em seus cães. Assumo o compromisso de que confiaria que o criador removeria da criação um cão que não deveria reproduzir.
Entretanto, não conheço nenhum destes detalhes sobre a criação de nenhum criador brasileiro.

Portanto, peço desculpas a todos. Prefiro ainda não indicar.
Mas, espero muito que isso mude! Vejo muita gente bacana e bem intencionada se envolvendo com o mundo frenchie.


No momento, posso sugerir a leitura destes textos, para que você chegue às suas próprias conclusões quando for adquirir seu frenchie:


Siga à risca e o risco de ter surpresas desagradáveis diminui significativamente!
:)