quinta-feira, 21 de abril de 2011

Meu frenchie não come

Se seu frenchie é enjoado para comer, considere as situações abaixo:

1) Seu frenchie come ração. 
Frenchies que comem ração são enjoados para comer mesmo.
Aliás, quem não seria? Brigadeiro é uma delícia, mas brigadeiro todos os dias seria um pesadelo para qualquer ser pensante.
Comer ração todo santo dia e todo dia santo não deve ser muito legal.
Se você não pode investir meia hora do seu dia em alimentação caseira, variada e saudável, também não pode reclamar que seu frenchie não come, falow?


2) Seu frenchie está doente.
Por motivos óbvios, frenchies doentes são inapetentes.
Por motivos óbvios, é preciso resolver a questão patológica para que o apetite seja restabelecido.


Mas, e nos casos que um frenchie alimenta-se de comida caseira-variada-saudável e mesmo assim é enjoado para comer?


Frenchies possuem a capacidade extraordinária de manipular seus humanos de estimação e são exímios leitores de linguagem corporal. Além disso, quando seus humanos de estimação permitem, frenchies tendem a criar vínculos emocionais doentios, deixando de comer, dormir ou brincar quando estão afastados de seus donos.

Portanto, se você tem um frenchie que não come direito, observe o seu comportamento primeiro:
- Você fica ansioso(a) se seu orelhudo não come?
- Você inventa cardápios mirabolantes para que seu frenchie coma?
- Seu frenchie só come se você estiver por perto?
- Seu frenchie só come se você lhe der comida na boca?

Se você respondeu SIM a qualquer uma destas questões, está na hora de mudar caso queira um cão que coma e que seja emocionalmente saudável! As suas atitudes equivocadas reforçam o péssimo hábito que seu frenchie tem de fazer pouco caso da comida.

O passo mais importante é DESENCANAR.  

Seu frenchie saudável não quer comer? Não tem problema! 

Mas, encare realmente desta forma. Não adianta você tentar desencanar, mas seu corpo mostrar para seu frenchie que você se preocupa porque ele não está comendo - lembre-se que frenchies são exímios leitores de linguagem corporal.
Portanto, você precisa mudar sua forma de pensar em relação a este problema.


Depois que você mudar a sua atitude, coloque o plano mirabolante em prática:

1) Coloque a comida para ele e, preferencialmente, isole-o em um ambiente, de maneira que ele não possa seguir você.
Justamente por isso gosto de usar o crate.
Entretanto, se quiser alimentá-lo enquanto  você também faz as suas refeições, ignore-o totalmente e jamais ofereça a sua comida a ele.

2) Se depois de 30 minutos ele não comeu a comida, remova-a sem dó nem piedade.
Simplesmente pegue o pote, sem olhar para ele e sem perguntar "Você não quer comer um pouquinho?"
Faça isso de uma maneira natural, sem bajulações ou punições. Ignore-o enquanto estiver removendo o pote de comida!
Ofereça a comida 2X ao dia (no caso de jovens e adultos), exatamente no mesmo horário. Para filhotes de até 6 meses, as porções devem ser fracionadas 3x/dia.


Prepare-se emocionalmente para uma greve de fome de 48h horas.
No terceiro dia ele começará a ceder.
Seja mais persistente que um bulldog! Se você conseguir estabelecer esta regra, será importante manter o SEU comportamento para que o cão não volte a manipular você com comida novamente.

Meus cães, TODOS, são verdadeiras dragas alimentares. Mas, para eles é muito bem estabelecido que quem não come, perde a vez de comer. Consequentemente, ninguém faz hora com comida!