quinta-feira, 30 de junho de 2011

Homeopatia. É de comer?

Desde quando iniciei os posts sobre a história da Sookie e o tratamento para sarna demodécica, o número de e-mails sobre tratamento homeopático para esta doença tornaram-se mais e mais frequentes.
A maioria dos e-mails tem dizeres como este:


" Minha cachorrinha tem sarna demodécica.
Você conhece ou pode me indicar remedios homeopáticos para trata-lá? "







Acredito que a desinformação sobre a própria homeopatia e seus princípios tem gerado estes questionamentos.

A princípio, homeopatia NÃO é tratamento caseiro com ervas e chás. Os medicamentos homeopáticos são extraídos do reino animal, vegetal ou mineral, mas isso não significa que todos os medicamentos extraídos do reino animal, vegetal ou mineral são homeopáticos. Por exemplo:
  • Florais de Bach - e também as outras linhas de florais - não são homeopatia. Florais são medicamentos feitos com essências das flores e fazem parte da Terapia Floral.
  • Penicilina não é homeopatia, aliás é um medicamento tradicional da "medicina tradicional" (alopatia). A penicilina é um antibiótico derivado de um fungo, Penicillium chrysogenum (ou Penicillium notatum).
  • Fitoterapia não é homeopatia. A fitoterapia é um dos recursos utilizados pela Medicina Tradicional Chinesa.

O trecho abaixo, retirado de Desfazendo os mitos sobre o tratamento homeopático explica sucintamente a ideia da homeopatia:

A homeopatia é diferente de qualquer outro tipo de medicina. Um único medicamento homeopático trata todos os sintomas do paciente, não somente a sua queixa principal. O efeito de uma dose pode durar meses ou mesmo anos. Dez pacientes asmáticos podem precisar de dez medicamentos diferentes. Os medicamentos são seguros para o recém-nascido e a gestante, porém suficientemente poderosos para suster uma hemorragia e até tirar pacientes do coma em questão de minutos. Qualquer substância encontrada na natureza pode ser transformada em um remédio homeopático.

Esses são alguns fatos desconcertantes mas verdadeiros sobre a homeopatia. Nosso tipo de medicina não é tão direto quanto as outras modalidades e faz nascer muitas dúvidas.

Portanto, quem deseja submeter seu animal de estimação ao tratamento homeopático deve ter em mente que  o medicamento utiliado é INDIVIDUAL e INTRANSFERÍVEL.
Não existe receita pronta na homeopatia para tratar dor de cabeça ou dor de barriga, porque a homeopatia trata o indivíduo e não a doença. Indivíduos diferentes, medicamentos diferentes!

Se você já tentou a homeopatia e o tratamento não funcionou, lembre-se que assim como na alopatia, na homeopatia também existem ordinários e extraordinários médicos e médicos-veterinários. Portanto, se o tratamento homeopático não funcionou em você, provavelmente o problema é com o médico e não com a terapia...

Para complementar esta leitura, sugiro outras: