quarta-feira, 8 de junho de 2011

O Blog Responde! Um frenchie é bom para mim?

Bom dia Camilli,

Há alguns anos que sou doido com essa raça, mais infelizmente ainda não tenho frenchy, mais venho pesquisando sobre a raça há algum tempo e vi em você uma coisa diferente dos demais donos, você realmente e apaixonada pela raça!
Gostaria de saber como é a rotina de um Bulldog Francês, como e a convivência com outros cachorros, valores mensais gastos com a raça, coisas essenciais para saber se tenho realmente condições de ter um frenchy!!

Grato,

Luiz



--//--

 Moujik inspirando Yves Saint Laurent
Fonte: French Bulldogs Rule


Olá Luiz,

aqui em casa faço questão absoluta de manter uma rotina para meus frenchies. Percebo que a manutenção da rotina torna os cães mais tranquilos e felizes.

Eles saem dos seus crates por volta das 6:30h - 7:00h da manhã, correm loucamente pelo quintal para abrir a torneirinha do xixi e esperar ansiosos a caminhada diária pelo bairro.
Por volta das 9h da manhã, comem a primeira refeição do dia dentro do crate e permanecem quietinhos lá dentro até as 10h da manhã.
Às 17h-18h, comem pela segunda vez e ficam mais uma hora dentro do crate.
Às 21-22h voltam todos para o crate, para o sono dos justos.

Frenchies não são cães para quem trabalha demais e fica pouco em casa.
Estes orelhudos são "cães de família", gostam de estar onde as pessoas estão, gostam de fazer fofoca, gostam de receber carinho e adoecem com a solidão.

A convivência entre 02 (dois) machos tende a ser bastante conflituosa. A convivência entre 02 (duas) fêmeas pode dar certo... ou não! A fórmula perfeita de parceria nesta raça é sempre a de casal - castrados, por favor!
Não indico os frenchies para quem tem muitos cães em casa e quer adicionar mais um à matilha.

O gasto mensal depende do que você pretende oferecer a seu cão.
O meu gasto mensal certo é com dog-walker e alimentação. Despesas veterinárias e mimos são "extras".
É importante ter em mente que se você quer uma raça com histórico livre de problemas de saúde, frenchies não são para você.
Esteja financeiramente preparado para vacinas da infância, prevenção de leishmaniose canina, consultas veterinárias, cirurgia de castração. Lembre-se que acidentes podem acontecer. Um dos meus bebês resolveu dar um triplo mortal carpado da rede para a cama, fraturou o ossinho do braço e isso custou a seus pais mais de R$ 5000,00 em cirurgia, fisioterapia, acupuntura...

Há muitas razões para ter um frenchie (devore o blog! rs), mas há muitas RAZÕES PARA NÃO TER UM FRENCHIE também. Não deixe de lê-las!

Boa sorte!

Camilli