segunda-feira, 25 de julho de 2011

Não é pra ser problema

O número de e-mails de famílias que querem doar seus frenchies tem aumentado cada dia mais. Acredito que a desinformação acerca da raça e a atitude impulsiva no momento da aquisição contribuem bastante com isso.

Frenchies não são cães fáceis de serem educados.
Frenchies não são cães que lidam bem com a solidão.
Frenchies costumam ser encrenqueiros com outros cães.

Isso é o básico... este maravilhoso cão inevitavelmente vem acompanhado de um saquinho de defeitos - como todos nós.

Mas, do fundo do meu coração, não recrimino ninguém que me escreve e deseja doar seu cão. Na verdade, considero bastante interessante um indivíduo reconhecer que aquela relação não está dando certo e decidir criteriosamente selecionar um lar decente para seu frenchie, onde ele possa viver feliz e com dignidade.
Não entendo isso como abandono. 
Abandonar é deixar o indivíduo a própria sorte - física ou emocional.

São inúmeros os casos de pessoas resistentes a doação que mantém seu buldoguito problemático isolado no quintal ou até mesmo recluso numa reduzida área de serviço - eles ficam lá escondidos, largados, esquecidos.... sobrevivendo.... enquanto o proprietário se esquiva do suposto ônus que ronda a doação consciente de um cão.
Isso sim é muito grave.

Portanto, se você tem um frenchiezinho que não traz felicidade a sua vida, por favor, não deixe de me enviar uma mensagem (inbox). Farei o possível para recolocá-lo em um lar amoroso e selecionado. Seu cão só precisa estar CASTRADO.

Tenho uma enorme lista de espera de adotantes, com excelente perfil, que adorariam ter um frenchie em casa.





"Nada em mim foi covarde, nem mesmo as desistências: desistir, ainda que não pareça, foi meu grande gesto de coragem." (Caio Fernando Abreu)



Leia também: