quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Viagem aérea nacional com seu buldogue francês

A regra número 1 para fazer uma viagem aérea tranquila com seu buldoguito é fazer o crate training. Não é seguro viajar com um cão não treinado a usar a caixa de transporte.

Então vamos às regras das companhias aéreas:

GOL  
Não transporta cães braquicefálicos (buldogues franceses, buldogues ingleses, pugs, bostons, etc.).

AZUL
Transporta cães a partir dos 4 (quatro) meses de idade, exclusivamente, dentro da cabine. Não fazem o transporte de "carga viva", porque o porão das aeronaves não é pressurizado.

Para transportar dentro da cabine (in cabin pets):
- o peso do animal com a caixa de transporte não deve ser superior a 5 kg. Isso significa que buldogues franceses não podem ser transportados dentro da cabine, pois aos 4 meses eles pesam mais que 5 kg.

TAM
Transporta buldogues franceses e outros cães braquicefálicos a partir dos 4 (quatro) meses de idade, como "carga viva" e dentro da cabine.

Requisitos para transportar um frenchie dentro da cabine da TAM:
- o peso do animal com a caixa de transporte não pode exceder 7 kg;
- a caixa de transporte precisa ter estas dimensões:
  • 36cm de comprimento X  33cm de largura X 19cm de altura para caixas rígidas;
  • 36cm de comprimento X 33cm de largura X 23cm de altura para sherpa bag.

- atestado de saúde, emitido pelo veterinário e válido por 10 dias corridos;
- apresentar carteira de vacinação (esteja atento às regras sobre a vacina antirrábica);
- assinar termo de responsabilidade (que geralmente diz que você isenta a TAM de qualquer problema que vier a acontecer com seu cão durante o transporte...)




Sherpa bag para transporte dentro da cabine
(Ok, é um boston terrier, sabemos!)


Caixa de transporte (crate) para transporte dentro da cabine



Requisitos para transportar um frenchie no porão do avião das aeronaves da TAM (carga viva):
- ter 4 (quatro) meses ou mais;
- atestado de saúde, emitido pelo veterinário e válido por 10 dias corridos;
- apresentar carteira de vacinação (esteja atento às regras sobre a vacina antirrábica);
- assinar termo de responsabilidade (que geralmente diz que você isenta a TAM de qualquer problema que vier a acontecer com seu cão durante o transporte...)



Cães sendo transportados como "carga viva".
Já usei várias vezes esse tipo de transporte (inclusive internacional), nunca tive problemas.




siga-nos: