segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

O ser humano é um mamífero “estranho”!


Obrigada, Dra. Fernanda Pecoraro - médica-veterinária homeopata por quem tenho uma enorme admiração - por este texto sensacional! ♥

_________________________________________________________





Hoje uma cliente disse:
- Fê, você é um ser diferenciado e estranho. Um trem raro mesmo!

A primeira vista pensei: Caramba! Estranho... trem... devo ter atropelado aquela senhora e nem percebi! Voltando ao que estávamos falando, acho que refleti muita coisa boa.

Estava fazendo considerações sobre uma ligação que recebi hoje de uma pessoa com uma cachorra em trabalho de parto. A pessoa morava longe, eu não tenho clínica (atendo em domicílio). Fiz algumas orientações e disse que caso não evoluísse da forma descrita para que procurasse uma clínica ou hospital para acompanhamento e possível cesárea. Aí escuto a célebre frase “mas como um bom mamífero ela deve saber parir, amamentar e cuidar dos filhotes”.

Então... sim... e não... rs!

O homem (no caso em questão, mulher) é um mamífero que deveria saber parir, amamentar e cuidar dos seus filhos sim, porém a realidade anda um pouco “estranha”. Quantas mulheres optam pelas cesáreas para não sentirem as dores do parto? Quantas aderem às mamadeiras logo nos primeiros meses de vida? Quantos médicos são adeptos a isso? Ah! Sim, são todos humanos, tem razão, mas e quantos não sabem ou não querem cuidar dos seus filhos e os terceirizam para as escolas e babás? E os cães são diferentes? São, os que não foram muito “massacrados” pelos homens.

James Croxton diz “os humanos são os únicos mamíferos que criam seus filhos como se estes não fossem mamíferos”.

É sabido que algumas raças têm dificuldades para se acasalar, outras para parir, outras para cuidar da prole. Porém é possível selecionar estes cães levando isso em consideração. Selecionar machos e fêmeas que não precisem de tantas intervenções. [selecionar cães não significa forçá-los, significa observar aqueles que se expressam naturalmente, de maneira saudável, e inclui-los no programa reprodutivo]

De forma ampla ouso repetir o que sempre acreditei: “O TATO é a matriz de todos os sintomas!”

Os seres vivos precisam de conTATO desde que nascem, das lambidas que servem de estímulo para a micção e defecação ao contato com a pele da mãe ao amamentar e aquecer. Esse contato proporciona segurança.

Ao sermos tocados, aprendemos que “amar se aprende, amando” e isso vale para todos os mamíferos reais. 

Nunca prive o contato de nenhuma espécie!!!


(Fernanda Pecoraro, médica-veterinária homeopata e proprietária do espaço
siga-nos: