sábado, 21 de maio de 2016

Cães que têm medo de foguetes

Há alguns dias, uma pessoa que conheço perdeu o cão que era o amor da sua vida de uma forma trágica: 

Domingo de madrugada, depois dos jogos alguém soltou um foguete. Hórus no desespero agarrou a cabeça no portão e teve um traumatismo craniano. Levei ele pra Betim, em coma, internei ele as pressas, conseguiram estabilizar ele, mas hoje ele não resistiu... Teve uma falência múltipla de órgãos e eu morri junto! 

Foguetes são problemas para muitos cães. E a péssima notícia é que sempre existirão foguetes, apesar de todos os riscos que envolvem seu uso.

Foguetes fazem parte da nossa cultura de comemoração e da cultura da comemoração de muitos outros países. São fogos no Natal, no Ano Novo, nos dias de santos, nas vitórias do futebol, na chegada de drogas no morro. Mudar isso vai demorar mais tempo que a nossa própria existência.

Por esse motivo, se seu cão costuma entrar em pânico com fogos,  trate-o! Trate o medo que ele sente com um profissional comportamentalista e, se necessário, recorra à homeopatia e aos florais também.

Eu poderia indicar mil maneiras "caseiras" para driblar essa fobia, mas esse problema tem consequências tão sérias que merece a intervenção de um profissional.


A Thundershirt caseira é uma opção legal para ajudar a cães que têm medos de fogos, mas não faz milagres sozinha. Já falamos sobre ela aqui: http://www.seubuldoguefrances.com.br/2011/01/thundershirt-e-maquina-do-abraco.html









Receba nossos posts por e-mail:

Delivered by FeedBurner

siga-nos: