quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Como prevenir lesão medular em seu frenchie?

Lesão medular é um problema super grave a qual os buldogues franceses estão sujeitos. Já falamos sobre ela em várias postagens deste blog e aconselhamos você a ler todas! 

Embora a prevenção não ofereça 100% de garantia de que seu cão não desenvolverá doenças do disco intervertebral, ela pode retardar o seu aparecimento e/ou impedir o seu agravamento.

Quando se trata de problemas na coluna vertebral, lembre-se: prevenir é muito mais fácil, infinitamente mais barato e menos emocionalmente desgastante que tratar. Veja aqui os vídeos sobre o tratamento do Slinck - são meses de muita fisioterapia pós-cirúrgica e muito investimento financeiro para que ele se restabeleça totalmente do problema.

Como prevenção, sugerimos:

1) Não permita que seu buldogue francês salte.
Saltos dos móveis? Nem pensar.
Saltos do banco da pracinha? De jeito nenhum.
Saltos nas pessoas? Em hipótese alguma, mesmo porque é muito mal-educado saltar em alguém. 
Saltos nas brincadeiras com bolas e outros brinquedos? De maneira nenhuma.

Nesse vídeo, mostramos uma excelente maneira de fazer uma lesão medular em buldogue francês. Não repita isso em casa!



Se, para a sua felicidade, é importante ficar enroscadinho com seu frenchie na cama ou no sofá, compre uma escada ou rampa de acesso e ensine seu frenchie a usá-la. Mas seja cuidadoso com a escolha da escada! Algumas são pouco firmes, torcem a patinha dos cães e tornam as quedas muito perigosas. Sempre indicamos as escadas do Petescadas, são de excelente qualidade e feitas sob medida.

Se o seu cão tem o (péssimo) hábito de saltar nas pessoas, leia este post.

Se você não consegue resolver o hábito de pular, invista em um profissional comportamentalista que trabalhe com treinamento positivo, sem o uso de aversivos e punições. 


2) Mantenha seu frenchie com um corpinho fitness! 
A obesidade sobrecarrega todas as articulações, inclusive a da coluna.


3) Promova atividades físicas diariamente.
A atividade física tonifica e fortalece a musculatura que protege a coluna dos nossos cães. Uma musculatura firme dificulta o esmagamento dos discos intervertebrais.

Sem dúvidas, a natação (assistida, por favor!) é a melhor atividade fisica de todas! Mas, se você não tem piscina em casa e acha complicado arcar com investimentos em aulinhas de natação, caminhe! Caminhadas são uma excelente atividade física. Possuem baixo impacto, recomendadas para crianças de 0 a 100 anos e para catioríneos também!


4) No carro, coloque seu cão dentro da caixa de transporte, firme ao cinto de segurança ou no chão, de forma que qualquer impacto não o arremesse dentro do carro.


5) Se for possível, para você, invista em uma "cama para cachorros" que possua pastilhas com emissão de infravermelho longo. 
O infravermelho longo é um anti-inflamatório sem efeitos colaterais que age silenciosamente na proteção dos nossos cães - e na nossa também. Não é possível evitar todos os impactos na coluna de um buldogue francês, mas é possível tentar reduzir os problemas causados por esses impactos, com a utilização do infra-vermelho longo de forma cotidiana.

No Brasil, você encontra essas "camas para cachorros" na Puppy Boom.


6) No caso das buldogas, não reproduza cadelas com alterações vertebrais significativas.
Antes de reproduzir sua frenchie, radiografe a coluna dela (raio x de coluna ventro-dorsal) para avaliar a quantidade a a qualidade das alterações vertebrais. A gestação é um peso enorme que muitas colunas não suportam carregar!

Uma frenchie que apresente alterações vertebrais tão graves como esta da radiografia não deve ser utilizada em programas reprodutivos.



Embora algumas pessoas utilizem condroitina na suplementação, como adjuvante na proteção das articulações da coluna vertebral, não existem evidências científicas relevantes que comprovem que a condroitina funcione. Entretanto, com exceção do preço pago pelos comprimidos, parece não haver contra-indicações para essa suplementação.




Receba nossos posts por e-mail:

Delivered by FeedBurner
https://www.facebook.com/seubuldoguefrances/ https://www.instagram.com/seubuldoguefrances/