terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

3 mitos que contam sobre os buldogues franceses

1. Eles soltam muitos gases.
Obviamente, buldogues franceses soltam gases. Aliás, atire a primeira pedrinha que não comete o mesmo pecado. A questão aqui envolvida é o volume de gases!

O problema é que buldogues franceses possuem sensibilidade intestinal aumentada, quando comparados a outras raças. Por isso, diante de uma dieta inadequada (com muitos grãos, ingredientes pobres, conservantes, corantes, etc.), há proliferação de micro-organismos patogênicos, nos intestinos, fermentando aquilo que o cachorro come. Já falamos sobre isso neste post: Excesso de puns em buldogues franceses

→ Leia este post e aprenda a avaliar o alimento com o qual seu cão é alimentado: Como saber se a ração do meu cão é boa?


2. Soltam muito pelo.
Antes de tudo, precisamos esclarecer que a maioria dos cães sempre perde pelo. Não há nada de anormal nisso! Entretanto, quanto mais curto é o comprimento do pelo do cão, mais rapidamente ele cai. Via de regra, antes de cair, o pelo precisa atingir o seu comprimento máximo.
(Falamos sobre isso em nosso livro "Genética da Pelagem em Cães". Já leu?)




Então, por motivos óbvios, um buldogue francês perde mais pelo que um cão da raça maltês, por exemplo. 

Há, ainda, algumas raças de cães que apresentam crescimento contínuo do pelo - falamos disso em nosso livro Genética da Pelagem em Cães. Para esses cães, queda de pelos não é um problema significativo.

PORÉM, em buldogues franceses, carências nutricionais mínimas refletem enormemente na qualidade do pelo e na quantidade do pelo que cai. Frenchies que comem ração perdem muito pelo. Frenchies que são alimentados com alimentação natural perdem menos, muito menos.

Já falamos sobre isso neste post: Queda de pelos em buldogues franceses


3. São cães elétricos e destruidores
Preparem para ouvir isso: não existem cães elétricos e destruidores. Sim, você leu certinho. Não existem cães elétricos e destruidores.

O que existe são cães entediados, que têm rotina empobrecida de estímulos (físicos e mentais) e que são carentes de socialização. Obviamente, há cães que possuem altíssima demanda física e mental para manterem-se emocionalmente equilibrados - borders collies são um exemplo. Por outro lado, há cães com demanda reduzida, como os shitzus. Buldogues franceses são cães que estão "em algum lugar" entre os border collies e os shitzus!

Antes de decidir por um buldogue francês, todo tutor precisa saber que existe uma demanda natural de atividades, do cão, a fim de mantê-lo emocionalmente equilibrado. Um buldogue francês com uma rotina inadequada tenderá a ser ansioso, a ter dificuldade em assimilar treinos básicos (educação sanitária, por exemplo), roerá os móveis da casa, roerá os sapatos, se mostrará ansioso durante os passeios, arrastando o tutor pela guia, etc. Aliás, nós também enlouqueceríamos se a nós fosse negada a possibilidade de sair de casa diariamente e de socializar com os nossos iguais. 




Receba nossos posts por e-mail:

Delivered by FeedBurner
https://www.facebook.com/seubuldoguefrances/ https://www.instagram.com/seubuldoguefrances/